fbpx
EnglishFrenchPortugueseSpanish

7 razões para criar um website profissional

franetic-agencia-de-marketing-digital-design-publicidade-video

Ter um site profissional pode contribuir de forma decisiva para o crescimento do seu negócio. Damos-lhe sete motivos para não adiar a criação do site da sua empresa.

Parece haver consenso quando se fala na importância da transformação digital das empresas portuguesas e da importância da criação de um website profissional. De acordo com o estudo de Maturidade Digital das Empresas em Portugal, divulgado em outubro de 2018, pela EY em parceria com a NovaSBE, as empresas reconhecem que a transformação digital cria oportunidades na proliferação de novos produtos e serviços e novos modelos de negócio.

Mas ao mesmo tempo, o estudo conclui que a falta de investimento em áreas como estratégia, pessoas e organização, gestão de informação ainda é insuficiente podendo trazer associados riscos a médio prazo.

Se olharmos para as empresas com 10 a 49 colaboradores, de acordo com dados do Instituto Nacional de Estatística e da PORDATA de Novembro do 2018, 57,9% das empresas têm presença na Internet. Contudo o número desce para 28,6 % no caso das empresas com até 10 colaboradores.

Carpinteiros, cabeleireiras, trolhas, canalizadores, contabilistas, professores e explicadores, enfermeiros, advogados, técnicos de geriatria – em diversas áreas encontramos profissionais e empresas sem competências para desenvolver a sua própria presença na internet. E apesar de muitos deles até serem ávidos consumidores de conteúdos online, acabam por considerar desnecessário fazerem um investimento na sua presença na web.

Contudo, estarão estes profissionais e negócios a pensar na sua viabilidade futura? Hoje apresentamos-lhe 7 razões pelas quais deve investir na criação de um website que reflita a proposta de valor que o seu negócio traz ao mercado.

 

1. O mundo está cada vez mais digital. E o seu negócio?

Os hábitos dos consumidores no processo de compra passam cada vez mais pela pesquisa de produtos e serviços na internet, mesmo que a compra se efetive fisicamente posteriormente. Esta tendência no comportamento do consumidor legitima cada vez mais a ideia de que quem não existe online, está efetivamente a perder competitividade no mercado.

Os perfis de redes sociais, Youtube, publicidade digital são naturalmente importantes. Mas devem ser encarados como parte da estratégia, já que o website é o elemento que legitima a marca, respetivos produtos e serviços. Arriscamos mesmo a perguntar-lhe: alguma vez pensou em construir uma casa sem antes adquirir um terreno?

 

2. Aumentar a notoriedade digital da sua marca

Ter um website profissional é o primeiro passo para começar a trabalhar de forma estruturada a sua notoriedade digital. É fundamental ter um site bem desenhado, com um design diferenciador, conteúdos relevantes, de fácil leitura, com uma boa navegação, bem otimizado para motores de pesquisa, responsivo, ou seja, adaptado tanto a smartphones como a tablets.   

Em mercados e setores particularmente competitivos, quando expostos a preços e serviços de qualidade idêntica, é a notoriedade da marca que muitas vezes pesa no momento da tomada de decisão do consumidor. E como já dizia o ditado: quem não é visto não é lembrado. Por isso, dê o primeiro passo e pense seriamente em criar um website para o seu negócio.

 

3. Vender produtos e serviços online

Alguma vez pensou em expandir as suas vendas para o online? Esta é uma opção que pode garantir o crescimento do seu negócio, chegando a um público e até a mercados mais diversificados, garantindo mais receitas.

Dar esse passo implica fazer o investimento na criação de uma loja eletrónica e na respetiva promoção de produtos e serviços. Todavia, quando a oportunidade é bem avaliada, com as estratégias certas, o investimento acaba por compensar.

 

4. 24 horas por dia online

Ao contrário da presença comercial física, o online em contrapartida traz associada a vantagem da disponibilidade 24 horas por dia. Além disso, implica um investimento e custos mais baixos do que uma loja física. Isto significa que pode vender os seus produtos e serviços em qualquer lugar e a qualquer hora.

Rentabilize ao máximo a sua loja virtual. Privilegie boas fotografias ou boas imagens e inclua descrições relevantes dos produtos e serviços. Por outro lado, não se esqueça que as redes sociais, o e-mail marketing, um blog, os vídeos, os anúncios são boas formas complementares de promover o seu negócio.  

 

5. Possibilidade de expansão para novos mercados

Há negócios que definitivamente têm um potencial de crescimento noutros mercados. Portanto, pondere se existem mercados em que a sua proposta de valor fará a diferença. O online pode permitir-lhe um custo de entrada baixo nesses mercados. Além disso, pode sempre diminuir o risco de ficar apenas dependente do mercado interno. Ao mesmo tempo que ganha escala, diversifica a fonte de receitas.

Investigue a realidade desse mercado, em termos de logística, os concorrentes, os preços, as tendências, o contexto legal. Como em todas as áreas, o planeamento é sempre um bom aliado do sucesso.

 

6. Potenciar a relação com visitantes e clientes

Através de um site, loja ou blog, o seu negócio passa a reunir o potencial de atrair mais clientes, de diminuir o custo de aquisição de clientes, conhecer as suas necessidades, responder melhor a essas necessidades e, a par de tudo isto, otimizar o processo de vendas.

Na prática, pode implementar uma estratégia do que se designa de Inbound Marketing. Resumidamente, serão ações promovidas com o intuito de atrair o seu potencial cliente para desenvolver um trabalho de relacionamento com a pessoa, mediante a disponibilização de conteúdos relevantes que respondem às necessidades desses potenciais clientes.

No fundo, esse conteúdo terá um papel fundamental na educação desses visitantes, transformando a sua marca numa referência no seu setor de atividade e chegando inclusive a influenciar a decisão de compra do consumidor.

 

7. Monitorização de resultados do site

Quando investe num website passa a dispor de informação que lhe permite conhecer melhor os seus potenciais clientes. Existem diversas ferramentas que lhe vão permitir aferir o tráfego do site, a origem desse tráfego, quanto tempo os visitantes permanecem no seu website, que páginas visitam, entre outros.

Por que motivo essa informação é útil? Porque a partir desses dados poderá entender melhor o comportamento dos seus visitantes e otimizar os conteúdos de cada página com base no comportamento dos mesmos. Sendo assim, ficam criadas condições para poder aumentar o retorno do investimento do seu website e, portanto, do seu negócio.

Fonte: https://tellnow.pt/blog/site/criacao-site-empresas/
Autor: Susana Correia

Subsreve a nossa newsletter

Recebe todas as novidades em primeira mão

franetic-agencia-de-marketing-digital-entre-em-contacto